Depressão, ansiedade, síndrome de burnout e do pânico tornam-se mais comuns a cada dia. Aos primeiros sinais dos sintomas um profissional da área de saúde mental deve ser consultado. Lembre-se qualquer pessoa pode desenvolver algum distúrbio emocional, é preciso eliminar o preconceito e parar de achar que só acontece com o outro, Ok?!

Exercícios físicos, alimentação saudável, empatia ao próximo podem prevenir e amenizar os efeitos. Além disso, a tecnologia pode também ajudar na extensão desses tratamentos, existem apps desenvolvidos para proporcionar uma experiência de conforto mental e antiestresse com os usuários. Lembrando que, independente do que você tenha, nenhuma desses recursos substitui o tratamento médico.

Canal de ajuda do Instagram

Sim, logo o Instagram. É nesta rede social que talvez mais nos contaminamos com perfis e conteúdos tóxicos e prejudiciais à nossa saúde mental. “Por que não posso ter esse corpo?”, “Por que não nasci desse jeito?”, “Por que não sei fazer isso?”, etc. Difícil, né?! Recentemente, o número de curtidas foi até ocultado para que a quantidade deixasse de ser tão importante para os usuários.

Pois saiba que o Instagram possui um recurso para ajudar quem tem depressão e ansiedade. Para acioná-lo, basta digitar #depressao ou #ansiedade no mecanismo de busca. Assim, antes do usuário se deparar com as publicações, é direcionado a um canal de ajuda em que pode optar por falar com algum conhecido, com um voluntário do Centro de Valorização da Vida ou ler sugestões de como se ajudar.

Aplicativos

Há também aplicativos disponíveis para Android e iOs que podem auxiliar no tratamento. Todos pensados e projetados por profissionais e/ou pesquisadores da área.

App Querida Ansiedade

Querida Ansiedade

No Querida Ansiedade, é possível fazer anotações diárias sobre o que você está sentindo, assistir vídeos, descobrir o que pode ser feito em momentos de crise e sanar algumas dúvidas sobre o que você tem.

App Cíngulo

Cíngulo

O Cíngulo funciona como um diário emocional e traz vários tipos de autoavaliação, sessões em formas de conteúdos diários e algumas técnicas. Ele pode ajudar no desenvolvimento pessoal e no bem-estar emocional.

App Zen

Zen

Já o Zen traz recursos de meditação guiada e técnicas de respiração que podem ajudar a controlar, sobretudo, a ansiedade. Até porque estar com a mente em paz faz muita diferença, né?! Nele há, inclusive, um recurso que dá a meditação ideal para o tipo de emoção que o usuário está sentindo: ansiedade, irritação, tristeza, estresse etc.

App Be Okay

Be Okay

O Be Okay foi feito para auxiliar pessoas a lidarem com ansiedade e ataques de pânico. Ele tem exercícios de respiração, sons da natureza para acalmar, uma espécie de registro diário das emoções e até mesmo uma seção onde é possível colocar fotos que te deixam bem. Também possui um recurso de acionar um ente/amigo quando for preciso.

CVV

Ligue 188

É importante lembrar também que o número 188 está disponível 24h para quem precisa de ajuda. Pra quem não sabe, esse é o número do Centro de Valorização da Vida (CVV) para todo o território nacional. Você é atendido por um voluntário e o anonimato é garantido. A ligação é gratuita. Há também o chat disponível no site.

PUBLICIDADE