O maior engano de algumas mulheres no Jogo da Conquista é achar que elas precisam ser perfeitas para encontrar alguém. Você não conquistará o cara que procura sendo uma miss de concurso de beleza em busca da paz mundial.

Lembre-se de uma coisa: o homem não procura uma mulher perfeita. O homem procura uma mulher interessante. Se você parecer amável demais, agradável demais, etc… ele irá se entediar rapidamente.

Imagine o seguinte cenário: você está saindo com um cara pela primeira vez encarnando o perfeito estilo “Barbie”. Entra no recinto como se estivesse desfilando em uma passarela e ganha todos com o olhar.

Sua roupa combina perfeitamente, você dá risadinhas nas horas certas e abusa da polidez na mesa. Para o jantar, pede uma azeitona com alface e molho sem calorias. O que acha que o homem pensará de tudo isso?

Quando a mulher parece artificial, sem falhas e sem identidade, o homem fica com um pé atrás. Ele começa a duvidar de quem ela é na verdade e quais são suas reais motivações. Então, tende a pensar que ela está fazendo tudo isso só para atraí-lo, e a relação deixa de evoluir.

Ao tentar ser o que não é, a mulher coloca em si mesmo um selo de insegurança. E quando o homem acha que a parceira é fraca ou insegura, ele não sente nenhuma necessidade de se esforçar no relacionamento.

Ele irá se entediar pela falta de desafios. “Ela está se esforçando demais, nem preciso fazer muito por aqui”.

Por isso, lembre-se do seguinte: a aprovação não é necessária. Você não precisa provar nada para ele. No fim das contas, sempre vai existir algo para te fazer acreditar que não é bonita o bastante ou algo assim. E daí?

O que importa é a maneira como você lida consigo mesma. Você se basta sozinha? Pronto! É isso o que você precisa para começar a ser interessante. E é isso o que o vai atrair o homem para algo sério.

Jogue bem e jogue certo!

PUBLICIDADE