Certamente existem pessoas mais e menos produtivas — mas isto não quer dizer que este segundo grupo não possa melhorar o próprio rendimento. Pensando nisso, o headhunter Luiz Gustavo Mariano, sócio da empresa de seleção de executivos Flow, elaborou, a pedido do site Abilio Diniz, uma lista com oito dicas para quem acredita que é possível fazer mais em menos tempo.

Confira as sugestões do recrutador:

Concluir: Ao final do dia, avalie se todas as tarefas que você havia programado foram executadas. Analise o que conseguiu tirar do papel.

Planejar: Depois de analisar o que foi ou não concluído, comece a planejar o dia seguinte, conciliando as atividades que já estavam programadas com as remanescentes.

Organizar: Marque tudo na agenda. Tudo mesmo. Não se limite apenas às reuniões externas. Reserve as horas que terá de dedicar a tarefas pessoais e profissionais, sejam elas executadas somente por você ou em grupo.

Delegar: Identifique as tarefas que precisa delegar. Repasse a atividade a quem vai executá-la e estabeleça prazo de entrega. Assim, tanto você quanto o outro profissional envolvido na atividade podem se programar. E lembre-se: delegar não é ‘delargar’.

Antecipar: No dia anterior, ao avaliar os compromissos que terá no dia seguinte, já escolha o traje adequado para cada ocasião. Se tiver muitos deslocamentos durante o dia, pense nos trajetos, de forma a tentar otimizá-los ao máximo.

Documentar: Documente e monitore suas atividades e processos. Quem não tem indicador não consegue fazer gestão de si mesmo, muito menos dos outros.

Exercitar-se: Pessoas que fazem esporte são mais produtivas, em geral. Além de aprenderem a disciplina que o esporte exige, ao praticar atividade física, liberam o estresse do dia a dia.

Alimentar-se (bem): Dedique alguns cuidados à alimentação. Prefira sempre alimentos mais leves. Engana-se quem acha que alimentação não está relacionada à produtividade. Você já deve ter passado pela experiência de ficar sonolento depois daquele almoço mais farto.

Fonte: abiliodiniz.com.br

PUBLICIDADE