Início/Banana: Considerada um antidepressivo natural

Banana: Considerada um antidepressivo natural

O Brasil é o quarto maior produtor de banana no mundo, atrás de Índia, China e Indonésia. O brasileiro consume em média cerca de 25 Kg por ano.

As variedades mais plantadas são a prata (70%), nanica (20%) e maçã (4%).

A banana-da-terra, por sua vez, é um caso à parte, já que não é uma banana, mas um plátano, fruto de uma planta de gênero diferente.

O plátano não converte seu amido em açúcar durante o amadurecimento, por isso tem sabor mais amargo.

É um alimento de alto valor nutritivo. Uma banana tem 21% de carboidratos, rica em proteínas.

Sais minerais: potássio, sódio, fósforo, cálcio, ferro, silício, enxofre.

Vitaminas: A, B1, B2, B5, C e E.

Fibras solúveis.

Seu intestino agradece

A banana tem em sua composição uma substância chamada triptofano que, no intestino, se transforma em serotonina. Nesse orgão é que se forma esse hormônio, responsável pela alegria e bem-estar. É por isso que a banana é também considerada um antidepressivo natural.

Ela possui também uma enzima chamada bacilo acidófilo, que combate todas as enfermidades intestinais. Os resíduos alimentares, enquanto estão no intestino grosso aguardando a sua eliminação, desenvolvem processos degenerativos no nosso organismo. Isso causa doenças que vão surgir e que nós não podemos nem imaginar quais serão. As bananas são de vital importância, pois evitam esse processo, em poucos dias alimentando-se de banana crua ou cozida no sistema de vapor. Essa enzima é tão potente que, mesmo você parando de comer bananas hoje, ela predomina e continua agindo ainda por cerca de 3 dias.

Crua ou cozida?

Contrariamente ao que se crê, esta é uma fruta de fácil digestão e é indicada em caso de acidez e úlcera do estômago. Na verdade, a banana age como uma esponja no sistema digestivo, limpa e absorve os resíduos nele contidos.

Para quem acha a banana é indigesta, isso pode ocorrer por causa da presença de acetato de amila e tanino, experimente prepara-la no vapor. Cozidas no vapor, essas substâncias são eliminadas, mas os nutrientes são preservados.

A banana equilibra o pH do organismo. É recomendada em casos de gastrite, é preventiva natural de úlceras, evita diarréias, fortalece os vasos sanguíneos, regula os processos digestivos, função do fígado e rins, ajuda a aliviar a síndrome pré-menstrual, na regularização do sistema nervoso, protege o coração. Por ser grande fonte de potássio, previne problemas como as cãibras e contrações musculares, além de ser um anabolizante natural.

Uma banana média fornece cerca de um terço das necessidades diárias recomendadas de potássio. A banana-nanica tem maior concentração de potássio que as demais.

Além disso:

De acordo com o último estudo científico japonês, uma banana totalmente madura, com manchas escuras na casca amarela produz uma substância chamada TNF (Tumor Necrosis Factor) que tem a habilidade de combater células anormais. Quanto mais escuras forem as manchas, maior a sua capacidade de aumentar a imunidade. Portanto, quanto mais madura a banana, mais anti-cancerígena ela vai ser. Uma banana de casca amarela com manchas escuras tem uma eficácia até 8x maior para melhorar as propriedades das células brancas do sangue do que a versão totalmente verde.

Comer apenas uma banana por dia já é o suficiente para aumentar a imunidade.

Infelizmente, a produção de banana encontra-se ameaçada no mundo todo. Uma nova variedade do fungo que causa o Mal-do-Panamá, uma doença destrutiva para os bananais, tem se alastrado pelo mundo.

Veja os benefícios das frutas:

Load More Posts

PUBLICIDADE

2019-09-22T10:14:00-03:00Categories: Alimentação Saudável|Tags: |
Ir ao Topo