Atividade física é definida como qualquer movimentação do corpo e dos músculos que leva a um gasto de energia. Além de ser praticada como lazer e recreação, quando realizada regularmente, traz diversos benefícios à saúde, como bem-estar, prevenção de doenças, emagrecimento e aumento da massa muscular. Mas será que só o exercício é suficiente?

Manter uma alimentação equilibrada é fundamental, pois auxilia na mobilização de tecido gorduroso durante o exercício e auxilia na construção da massa muscular, garantindo assim uma melhor composição corporal. No entanto, muitas pessoas ainda se perguntam se devem, quando e o que comer antes e depois da atividade física.

Para esclarecer estas dúvidas, selecionamos para você alguns pontos importantes:

Hidratação – o ponto zero para um bom desempenho

Durante a atividade física perdemos grande quantidade de água e sais minerais. Quando estamos desidratados, pode ocorrer aumento da temperatura corporal, dor de cabeça, fadiga, fraqueza e comprometer o desempenho durante o exercício. Para evitar este quadro é necessário ingestão de líquidos antes, durante e depois da atividade física como: água, sucos de frutas, água de coco e repositores hidroeletrolíticos.

O que são repositores hidroeletrolíticos?

São conhecidos como bebidas esportivas que hidratam e repõem os sais minerais. Vale ressaltar que o mais indicado é utilizar estes produtos sempre com orientação médica e/ou nutricional, uma vez que o excesso pode trazer prejuízos ao nosso corpo.

Alimente-se!

A alimentação adequada antes, durante e depois do exercício é fundamental para garantir bom desempenho. O perfil da alimentação está correlacionado com o tipo de atividade física, duração e intensidade. Por isso a importância de ter um profissional de nutrição acompanhando sua evolução nos esportes ou atividades que você escolheu fazer. Veja abaixo algumas dicas básicas, que depois poderão ser complementadas pelo profissional que você consultar:

Antes:
Priorizar fontes de carboidrato, que fornecem energia para a realização do exercício.

Durante:
Nesse momento, seu corpo estará usando energia proveniente dos carboidratos e ao mesmo tempo perdendo água e sais minerais pela transpiração. Durante o treino, a hidratação deve ser contínua, pelo consumo de água e bebidas esportivas, que além de hidratar farão a reposição de carboidratos.

Depois:
Quando terminamos uma atividade física, o corpo precisa repor os estoques energéticos e realizar a reparação do músculo. A ingestão deve ser equilibrada, contendo principalmente proteína e um pouco de carboidrato.

Em determinados tipos de atividade física, como os de longa duração, muitas vezes é necessário repor as energias durante o treino. Nestes casos, uma orientação individualizada é necessária. Evite também utilizar qualquer tipo de suplemento alimentar sem orientação nutricional ou médica.

PUBLICIDADE